Eventos movimentam Minas Gerais e colocam a Fonoaudiologia em evidência

Conselheira Isabella Bicalho representando o Crefono 6.

No dia 07, representado pela presidente da comissão de saúde, conselheira Isabella Bicalho (CRFa 6-2864), o Crefono 6 participou do XVI Congresso Mineiro de Terapia Intensiva, organizado pela Sociedade Mineira de Terapia Intensiva (Somiti). Na mesa intitulada "A valorização profissional do fonoaudiólogo que atua na terapia intensiva", a conselheira relembrou marcos importantes como o reconhecimento da área de Disfagia, por parte do Conselho Federal de Fonoaudiologia (CFFa), em 2010, e também a implantação de políticas públicas que determinam o atendimento fonoaudiológico a pacientes em terapia intensiva.

Além dos marcos relevantes para a profissão, Isabella também apresentou aos presentes vídeos de médicos, fisioterapeutas e outros profissionais, valorizando o trabalho dos fonoaudiólogos no ambiente hospitalar.

Para a conselheira, a participação do Crefono 6 em discussões como esta é muito importante e contribui com a valorização do profissional: "Estes eventos são muito importantes pois aproximam o conselho dos profissionais, permitindo orientações e uma maior credibilidade do órgão perante a classe."

Além do viés institucional, a conselheira acredita que a discussão no congresso ampliou a visão do público quanto à valorização profissional que por vezes é confundida pelo mercado como representação financeira: " Os presentes participaram ativamente da discussão, expondo diversos pontos de vista e compreendendo como a valorização engloba vários aspectos, não apenas o financeiro".

O Congresso da Somiti acontece a cada dois anos e conta com uma sala exclusiva para conteúdos fonoaudiológicos. A organização é do Departamento de Fonoaudiologia da Somiti e representa uma vitrine importante para a profissão.

Fonoaudiologia Educacional em evidência

Recentemente, a cartilha Saúde Auditiva em Ambiente Escolar, produzia ainda durante o 7º Colegiado, ganhou notoriedade ao ter o Instrumento de Triagem Auditiva Infantil (ITAI), que compõe o material, adotado pela rede municipal de Belo Horizonte.

Seguindo o fluxo de boa abertura da área educacional com relação à cartilha, o Crefono 6, ciente do 26º Fórum Estadual da Undime MG ocorrido em Belo Horizonte entre os dias 11 e 13 de junho, tratou de fazer parte deste encontro que conta com a participação de grande número de gestores educacionais do estado.

Durante o evento, uma mesa intitulada "Cartilha - Saúde Auditiva no ambiente Escolar" foi apresentada pelo presidente do Crefono 6, conselheiro Raimundo Neto (CRFa 6-1361), pela fonoaudióloga autora do ITAI, Sirley Carvalho (CRFa 6-6407-1) e pela representante da Diretoria de Promoção à Saúde SES-MG, Joseane de Carvalho. Os participantes da mesa apresentaram aos espectadores a cartilha e o ITAI e como sua utilização é benéfica à promoção de saúde no ambiente escolar.

Como forma de melhor difundir a cartilha ao público, o Crefono 6 encartou nas pastas dos participantes um material de orientação por onde os interessados puderam acessá-la mediante o scaneamento do QRCode. Para o acesso às cartilhas, foi necessário fazer um cadastro do participante, o que permitiu ao Crefono 6 acesso a um mailling atualizado de gestores da educação, possibilitando contatos e futuras ações em prol da Fonoaudiologia Educacional e dos fonoaudiólogos da área.