Febre Amarela em Minas: Situação em regiões do estado é considerada de emergência

No início de janeiro, o estado de Minas Gerais recebeu relatos de suspeita de Febre Amarela Hemorrágica nas regiões de Teófilo Otoni, Coronel Fabriciano, Manhumirim e Governador Valadares. Um decreto do governador do estado, Fernando Pimentel, declara situação de emergência em saúde pública nas regiões onde há relatos de casos da doença.

Uma campanha da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG) orienta que a população mineira esteja atenta ao cartão de vacinação. A pessoa é considerada imune à doença caso tenha tomado duas doses da vacina e estejam confirmadas no cartão. A orientação da SES/MG é que, caso não haja a certeza da vacinação em duas doses ou tenha perdido o cartão, que a população procure o posto de saúde de sua região e se proteja.

Mais informações no site oficial da campanha contra a Febre Amarela em Minas Gerais. 

ASCOM Crefono 6